30 de jun de 2012

Esse Tal de Ilustrador Publicitário

............Uma ilustração é uma imagem pictórica utilizada para acompanhar, explicar, interpretar, acrescentar informação, sintetizar ou até simplesmente decorar um texto. Embora o termo seja usado frequentemente para se referir a desenhos, pinturas ou colagens, uma fotografia também é uma ilustração. Além disso, a ilustração é um dos elementos mais importantes do design gráfico.
............São comuns em jornais, revistas e livros, especialmente na literatura infanto-juvenil (assumindo, muitas vezes, um papel mais importante que o texto), sendo também utilizadas na publicidade e na propaganda. Mas existem também ilustrações independentes de texto, onde a própria ilustração é a informação principal. Um exemplo seria um livro sem texto, não incomum em quadrinhos ou livros infantis.
............Desde os anos 90, os ilustradores confrontaram com uma mudança nos meios de se fazer seus trabalhos. A chegada da computação gráfica com softwares de manipulação fotográfica e novos dispositivos como as mesas digitalizadoras têm influenciado a maneira como se cria ilustração. Novas técnicas de ilustração em computador, como o uso da Imagem vectorial e 3d, têm se tornado comum na comunicação visual. Muitos ilustradores, hoje em dia, já recebem treinamento diretamente na frente de um monitor.
............A figura do ilustrador publicitário está cada vez mais se destacando nas áreas de 3D e fotomontagens. Por área de atuação entendemos os mercados (ou tipos de clientes) para os quais o ilustrador atuam, são elas:
- Mercado editorial: Compreende, basicamente, revistas e livros. Temos capas, vinhetas (ilustrações pequenas de referências), matérias, infográficos, ilustrações para livros didáticos, livros infanto-juvenis e jornais (na maioria charges e caricaturas). Muitas vezes, o mercado editorial permite interpretações mais autorais e estilísticas por parte do artista, contudo, este deve ficar atento ao design gráfico da peça (livro ou revista), através de seus textos e espaços.
- História em Quadrinhos (HQ): é uma variação do mercado editorial, uma forma de linguagem e um nicho de mercado. Tudo ao mesmo tempo. Na maioria das vezes, profissionais de HQ atuam como ilustradores, outras atuam apenas com isso através de revistas em quadrinhos, muitas vezes para o mercado externo.
- Mercado publicitário: Caracteriza a ilustração voltada à publicidade e ao marketing. Envolve ilustrações para anúncios, ilustração para embalagens, criação de personagens e story-boards (o roteiro para um comercial, em quadrinhos). Tem um foco diferente da ilustração editorial por agir decisivamente dentro mecanismo de venda, ou seja, como ferramenta de marketing. Há pouquíssimo espaço para uma interpretação autoral.
- Ilustração científica: é um mercado bastante específico que abrange as ilustrações que podem ser de biologia, anatomia, técnicas, física, etc. Além do conhecimento artístico é fundamental o conhecimento preciso do que se está ilustrando. Por exemplo, um ilustrador de anatomia humana precisa saber detalhadamente as caraterísticas de músculos, órgãos e ossos para representar com exatidão, já que tais figuras servirão para estudos. Muitas vezes são médicos ilustradores.
............E também, o mercado de animação, cinema e games, no qual temos story-board, shooting-board (um story mais elaborado), concept Art, modelagem, animação, etc. Muitas vezes o ilustrador atua em mais de uma área, de acordo com seu estilo e oportunidades que aparecem. É comum certas áreas se apropriarem da linguagem gráfica de outras em virtude de determinada intenção. Um conselho fundamental é sempre conhecer a fundo o mercado no qual se pretende atuar, além da ilustração (por ex.: um ilustrador publicitário deve conhecer comunicação e marketing). Outra dica (que falarei mais a respeito no futuro) é ter um portfólio voltado para área em que se quer atuar.
............Em geral, as grandes agências tem ilustradores que dominam os principais aplicativos gráficos como: Adobe Premier, Illustrator, Adobe Photoshop, 3D Studio Max, Adobe After Efects, Corel Draw e placa / software Matrox DigiSuite LE, entre outros.
............Abaixo algumas formas diferentes de ilustração. O interessante ´ver os diferentes exemplos e formas criativas desenvolvidas conforme a mensagens das peças.
(Clique na Imagem para Ampliar)




















Textos Relacionados: Mario Mancuso (TuDiBão) / Wikipedia Livre

Nenhum comentário:

Ocioso Links Interessantes

Visite e Compartlhe a Fanpage