10 de mar de 2014

Conheça um pouco sobre Lady Gaga

Stefani Joanne Angelina Germanotta nasceu em Nova Iorque em 28 de março de 1986, Ela começou a apresentar-se no cenário musical de rock no Lower East Side em 2003, e mais tarde matriculou-se na Tisch School of Arts da Universidade de Nova Iorque.

(Clique na Imagem para Ampliar)
Filha mais velha de Joseph Germanotta, um empreendedor de internet, e Cynthia Germanotta. Descendente de italianos da Sicília e de franceses do Canadá. Tem uma irmã, Natali, estudante de moda, nascida em 1992.

Gaga descreveu a sua vida acadêmica na escola como "muito dedicada, estudiosa e disciplinada", mas também "um pouco insegura", como disse em uma entrevista: "Eu costumava ouvir brincadeiras por ser tanto provocativa como excêntrica, então comecei a baixar o tom. Eu não me encaixava, e me sentia como uma estranha". Conhecidos dizem que ela não encaixava-se na escola e sempre estava voltada para a música.

Após a escola secundária, a sua mãe encorajou-a a fazer uma candidatura para o Collaborative Arts Project, um conservatório de treino de teatro musical na Tisch School of the Arts da Universidade de Nova Iorque.

Ela estudou música e melhorou as suas habilidades de composição ao escrever dissertações e artigos analíticos, focando em assuntos como arte, religião, questões sociais e políticas, incluindo uma tese sobre sobre os artistas de música pop Spencer Tunick e Damien Hirst. Gaga sentiu que era mais criativa do que alguns dos seus colegas.

Saiu da escola para focar-se em sua carreira musical. Seu pai concordou em pagar o seu aluguel por um ano, sob a condição de que ela se rematriculasse para a Tisch caso fosse mal-sucedida. "Eu abandonei a minha família inteira, consegui o apartamento mais barato que podia encontrar, e me dei mal até que alguém me ouvisse", disse ela. Após isto, ela fez audições para mais papéis e foi apanhada no reality show da MTV Boiling Points.

A primeira canção que ela produziu com RedOne foi "Boys Boys Boys", uma mistura inspirada pelas canções "Girls, Girls, Girls" de Mötley Crüe, e "T.N.T." de AC/DC.

Ela também deu início em 2005, a Stefani Germanotta Band, um grupo com alguns amigos da universidade. Eles gravaram um Extended play com as suas canções de balada em um estúdio situado abaixo de uma adega em Nova Jersey, tornando-se um ponto fixo ao centro social no sudoeste da cidade.

Começou a experimentar drogas, logo depois, enquanto fazia apresentações neo-burlescas. O seu pai não entendia a razão do consumo de drogas e não conseguiu olhar para ela durante alguns meses. O produtor musical Rob Fusari, que ajudou-a a compor umas de suas primeiras canções, comparou as suas habilidades vocais às de Freddie Mercury

Fusari ajudou-a a criar o apelido Gaga, a partir da canção "Radio Ga Ga" da banda Queen. Germanotta estava no processo de criar um nome artístico, quando recebeu uma mensagem de texto de Fusari em que lia-se "Lady Gaga".

Fusari explicou: "Todo dia, quando Stef vinha ao estúdio, ao invés de dizer "olá", eu começava a cantar "Radio Ga Ga". Esta era a sua canção de entrada. Lady Gaga foi na verdade um pequeno erro; eu digitei "Radio Ga Ga" em um texto e ele fez uma autocorreção, então, de alguma maneira "Radio" mudou para "Lady". Ela me respondeu: "É isto". Depois daquele dia, era Lady Gaga. Ela disse: "Nunca mais me chame de Stefani".

O The New York Post, entretanto, noticiou que esta história é incorreta, e que o nome resultou-se de um encontro comercial. Ao longo de 2007, Gaga colaborou com a artista Lady Starlight, que ajudou-a a criar a sua moda de palco.

Em agosto de 2007, Gaga e Starlight foram convidadas para tocarem no festival Lollapalooza nos Estados Unidos. A apresentação foi excepcionalmente aclamada e recebeu críticas positivas. Tendo inicialmente focado em avant-garde, música dance e eletrônica, Gaga encontrou a sua imagem musical quando começou a incorporar melodias de música pop, e o glam rock de David Bowie e Queen nela.

Em 2008, Gaga mudou-se para Los Angeles, trabalhando perto de sua gravadora para finalizar o seu álbum de estreia, The Fame. Ela combinou diferentes gêneros no álbum, desde a bateria dos Def Leppard até bateria de heavy metal em faixas urbanas". The Fame recebeu análises positivas de críticos; de acordo com a agregação de crítica musical do Metacritic, ele armazenou uma pontuação média de 71 de 100.

The Fame foi indicado para Álbum do Ano, tendo ganho a categoria de Melhor Álbum Eletrônico/Dance. Embora a sua primeira turnê aconteceu como abertura para o grupo de colegas de música pop na Interscope, o reunido New Kids on the Block, ela teve a sua própria e definitiva, a The Fame Ball Tour, que se iniciou em março de 2009.

Ela lançou o show "The Fame Monster", um extended play de oito canções que retratavam o lado sombrio da fama, experimentado por ela no percurso de 2008-09, enquanto viajava pelo mundo e são expressas através de uma metáfora de monstros. A canção "Bad Romance" foi lançada como o primeiro single do EP e atingiu o topo de paradas de 18 países, e n.º 02 nos Estados Unidos, Austrália e Nova Zelândia.

Gaga foi escolhida como uma das 10 Mais Fascinantes Pessoas de 2009 por Barbara Walters durante o seu especial anual da ABC News. Quando entrevistada pela jornalista, a cantora desmentiu a alegação de que ela seria intersexual como uma lenda urbana, respondendo a pergunta nesta edição ao dizer: "De primeira, era muito estranho e todo mundo meio que disse 'Isto é quase uma história!', mas na verdade, eu me interpreto em um jeito muito andrógino, e eu amo androginia".

Em abril de 2010, foi noticiado que os seus clipes obtiveram cerca de 01 bilhão de visualizações virais, tornando-se uma dos poucos artistas a alcançar este marco. No fim desse mês, Gaga foi nomeada uma das 100 mais influentes pessoas do ano pela revista Time. Em setembro, ela foi votada como a 44ª nas 50 Mais Influentes Figuras do Mundo de 2010, lista compilada pela revista New Statesman. Em uma entrevista com o The Times, Gaga deu a entender que tem Lúpus eritematoso sistêmico, que é uma doença de corte membranoso. Em uma entrevista com Larry King, Gaga confirmou que não tem lúpus, mas os resultados foram incertos.

Em 2010, o vídeo "Bad Romance" foi o mais visto da história do Youtube, com pouco mais de 180 milhões de acessos no momento da condecoração, além de ser o primeiro vídeo a superar a marca dos 200 milhões de visitas. Ela foi considerada como uma das artistas mais influentes do mundo pela revista Time na sua lista anual de 100 celebridades. Em Outubro, tornou-se a primeira artista a obter mais de mil milhões de visualizações no Youtube, e em dois meses depois, o museu de cera Madame Tussauds inaugurou oito modelos de cera de Lady Gaga

Em 2011, venceu 03 Grammy Awards: "Melhor Performance Vocal Feminina Pop" e "Melhor Vídeo Musical de Curta Duração" por "Bad Romance", e "Melhor Álbum Pop" por The Fame Monster.

Born This Way foi lançado em de maio de 2011, e foi recebido com opiniões positivas pela crítica especialista em música contemporânea, que elogiou a sua vasta gama de estilos musicais diferentes e os seus vocais. Porém, o uso repetitivo da palavra "Jesus", além do emprego de sinos de igreja e vozes de monge em muitas das faixas resultaram em reações negativas de algumas sociedades cristãs, incluindo as do Líbano, onde o álbum foi temporariamente banido. Na sua primeira semana nos Estados Unidos, vendeu um número aproximado de 1 milhão e 108 mil exemplares, o que resultou na sua estreia na primeira posição da tabela musical Billboard 200.

O vídeo de "Judas", em que Gaga interpreta Maria Madalena, e figuras bíblicas como Jesus Cristo e Judas Iscariotes, foi criticado pelas suas referências religiosas, mas recebeu aclamação pelo seu conteúdo total e elogios por outros que afirmaram que não havia nada ofensivo nele.

Em resposta às comparações entre ela e Madonna, Lady Gaga declarou: "Eu não quero parecer presunçosa, mas eu fiz o meu objetivo de revolucionar a música pop. A última revolução foi lançada por Madonna há 25 anos atrás." A atriz e cantora Grace Jones também foi citada como uma inspiração, juntamente com a cantora Debbie Harry.

Gaga também revelou que foi fortemente influenciada por Amy Winehouse, em seu Twitter, escrevendo: "Amy mudou a música pop para sempre".

Lady Gaga considera a moda como uma grande influência em seu trabalho, e tem sido comparada estilisticamente com a cantora e atriz americana Cher. Ela considera Donatella Versace como sua musa inspiradora.
Ela foi eleita a celebridade mais bem vestida de 2010 pela revista Vogue, ficando à frente de personalidades como Michele Obama, a primeira dama dos Estados Unidos, e a atriz Sarah Jessica Parker. O vestido feito de carne crua usado pela artista na edição de 2010 dos Video Music Awards, foi o figurino oriundo da Haus of Gaga que causou mais polêmica.

A cantora inspirou cientistas da Universidade de Durke a criar um novo gênero denominado Gaga e 19 espécies de samambaias, entre elas a Gaga germanotta (em referência ao seu nome real) e a Gaga monstraparva (pequena monstra).

Gaga atribui muito pelo seu sucesso inicial como uma artista popular aos seus fãs gays e é considerada um ícone gay ascendente. No início da sua carreira, ela teve dificuldade ao conseguir transmissão em rádio e disse: "Para mim, o ponto culminante foi a comunidade gay. Eu tenho tantos fãs gays e eles são tão leais a mim que realmente me ergueram. Eles sempre me apoiarão e eu sempre os apoiarei."

Influenciada por artistas como David Bowie, Michael Jackson, Madonna e Queen, Gaga é reconhecida pelas suas contribuições extravagantes, diferentes e exageradas à indústria musical através da sua moda, atuações e vídeos musicais.

Ela vendeu um número estimado de 23 milhões de álbuns e 64 milhões de singles no mundo, o que fez dela uma das recordistas de vendas de discos no mundo. As suas conquistas incluem cinco Grammy Awards e 13 MTV Video Music Awards.

O sucesso representado por Lady Gaga levou a prestigiada Universidade da Carolina do Sul a idealizar um curso com o título de "Lady Gaga e a Sociologia da Fama". O programa tenta explicar a crescente popularidade global da artista. Além disto, o curso, organizado pelo professor Deflem Mathieu, pretende revelar algumas das dimensões sociológicas relevantes na fama que a cantora alcançou.

Lady Gaga fundou em 2012 a Born This Way Foundation, uma instituição humanitária sem fins lucrativos, cujo o objetivo é a capacitação e conscientização dos jovens em questões como o bem-estar, bullying, LGBT, auto-confiança e outros temas. Sobre a instituição, a cantora declarou: "Juntos nós esperamos estabelecer um padrão de bravura e bondade, bem como uma comunidade mundial que protege e nutre os outros em face do assédio moral e abandono".

Fonte: IMDb / Wikipedia Livre

Fanpage no Facebook
Clique no Banner e Faça Parte do Fascinante Mundo do Cinema.

4 comentários:

william haddad disse...

foi a luta investiu nele e se tornou um ícone na música pop parabéns para ela

Anônimo disse...

Feia pra KRL!!!

Anônimo disse...

Era gostosa e anônima, agora é famosa e bizarra.

Patricia S. disse...

Nossa!! Adorei esta matéria!! Vi Lady Gaga com outros olhos, apesar de já gostar da excentricidade dela.

Ocioso Links Interessantes

Visite e Compartlhe a Fanpage