6 de ago de 2010

Prajwala - Contras os Abusos e Tráfico Sexual

.....................Prajwala é uma organização não-governamental, em Hyderabad, na Índia, contra a prostituição forçada e o tráfico sexual. Foi fundada pelo Dr. Sunitha Krishnan que sua vida como um voluntário em tempo integral da Prajwala. Ele é um profissional da saúde mental e fez uma extensa pesquisa como médico de campo voltado nessa área da violência contra mulheres, em especial as forçadas ao comércio internacional do sexo. A Fundação tem sido fundamental para resgatar centenas de crianças a partir de condições extremamente abusivas e restaurando-lhes a infância. Sunitha Krishnan está tornando possível para o governo da Índia e organizações de cidadãos para gerir em conjunto uma série de serviços de proteção e de reabilitação para as crianças que foram traficadas para exploração sexual comercial.
.....................Em 2007, 17 escolas Prajwala sediada em Hyderabad, como parte da estratégia Krishnan para remover mulheres de bordéis, em primeiro lugar dar aos seus filhos as oportunidades educacionais e de formação profissional fora dos distritos da luz vermelha. Além de seu trabalho local, ele também tentou aumentar a pressão sobre os governos estrangeiros que, segundo ele, não faz adequadamente que seja cumpridas as leis contra o tráfico sexual. Por exemplo, ele diz que, embora os americanos compreendem que 25% do turismo sexual seja na Ásia, faz muito pouco para ajudar a combate-lo.
.....................O que uma campanha poderosa como essa pode oferecer? Muito e ao mesmo tempo pouco. Este anúncio não vai parar um cafetão de contratar uma prostituta oude outros cometerem os crimes aqui mencionados. Mas a ideia e chamar a atenção para essa prática de violência, principalmente, contra criaças e adolescentes. Mesmo exagerando no sangue na arte o texto reproduz com toda a certeza que isso tem que ser combatido e isso realmente é um mundo cruel para esses escravos sexuais.
(Clique para Ampliar)
"As candidatas dispostos a ser abusadas, estupradas e trancada, pode ser aplicado numa pessoa." (sic)
A prostituta só se torna uma quando você contrata-a.
"Mulheres candidatas com idade entre 6 - 57 pode aplicar numa pessoa." (sic)
A prostituta só se torna uma quando você contrata-a.
Agência: Bushtail / Bangalore - Índia
Diretor de Criação: Sebastian Jeevan
Diretor de Arte: Deepak P.
Redação: Gupta Shikha
Publicação: Maio/2010

Nenhum comentário:

Ocioso Links Interessantes

Visite e Compartlhe a Fanpage