11 de jun de 2011

Sexo e Erotismo na Publicidade

Encontrei uma das formas literárias mais ricas, curiosas e cheias de possibilidades. Estou falando da publicidade” (Aldous Huxley)

............................A função da mensagem publicitária é criar um mundo ideologicamente favorável e perfeito com a contribuição do produto a ser vendido. Por causa disto esta mensagem trata a base informativa de forma manipulada objetivando transformar a consciência do possível comprador.

............................Vivemos um momento na publicidade e nas mídias em geral, onde se abusa da erotização de corpos masculinos e femininos de uma maneira explorativa, abusiva, passando uma idéia exagerada de permissividade, numa superexposição de imagens que nem sempre tem como objetivo simplesmente atingir o público-alvo, mas também mexer com complexos do subconsciente humano.

............................É por isso que na maioria das vezes anúncios dirigidos ao público masculino abusam tanto de corpos femininos, convidativos, como se a mulher no anúncio estivesse sempre pronta para saciar essa insaciável e inacabável provação fálica da masculinidade do homem.

............................Vejamos o que nos diz Octávio Paz (1995:143-144): “A modernidade dessacralizou (perdeu o caráter sagrado) o corpo e a publicidade o usou como um instrumento de propaganda. Todos os dias a televisão nos apresenta belos corpos seminus para anunciar uma marca de cerveja, um móvel, um novo modelo de carro ou meias femininas. (...) O erotismo transformou-se num departamento da indústria da publicidade e num ramo do comércio. No passado, a pornografia e a prostituiçào eram atividades artesanais, por assim dizer; hoje são parte essencial da economia do consumo. Não me alarma a sua existência, mas sim as proporções que assumiram e a natureza que têm hoje, ao mesmo tempo mecânica e institucional. Deixaram de ser transgressões.

............................As pesquisas mostram onde desde os anos 60 é onde o erotismo vem ganhando espaço no cenário da criatividade publicitária. A Pop Arte dos anos 60 é ainda vista como algo onde resume, pela sua escolha e utilização de imagens, as atitudes sexuais cada vez mais relaxadas onde se tornavam predominantes na sociedade ocidental.

............................O poder do sexo e do erotismo na publicidade precisa ser levado a sério e não pode ser menosprezado, já que está em alguns casos vem ocorrendo de forma abusiva e exploratória. Se não podemos consertar ser humano, pelo menos com a propaganda a gente conseguiria.

............................Abaixo 20 exemplos de publicidades de vários paises onde o erotismo é explorado conforme a mensagem sugerida no anúncio.

(Clique na Imagem para Ampliar)
.


















Nenhum comentário:

Ocioso Links Interessantes

Visite e Compartlhe a Fanpage