27 de dez de 2011

Publicidade Esquisitas e Estranhas

......................Algumas propagadas são inteligentes, inovadoras e engraçadas. E esta é a função da publicidade: vender produtos ou serviços nos fazendo rir ou pensar, incitando a nossa curiosidade ou o consumismo. Alguns anúncios e propagandas de produtos abusam da publicidade colocando imagens fortes para chocar e chamar a atenção das pessoas. Alguns desses anúncios chegam a beirar o mal gosto de tão assustadores.
......................São muitos os organismos que se queixam da agressividade que a publicidade provoca no consumidor e na pressão que cria para a formação de uma sociedade consumista, isto é que consome desmedidamente, fenômeno que pode causar o endividamento das famílias que, na Europa, dizem os estudos, é muito acima do aceitável.
......................Existe várias maneiras de se explorar a criatividade e apelar não é uma delas, é uma forma que pode ser usada e que pode até funcionar, mas que de uma forma ou de outra não trás uma boa imagem do produto.
No Brasil, propaganda não tem necessariamente uma conotação negativa pois o Conar sempre está atento e os publicitários sabem disso, mas ás vezes algo escapa aqui ou ali. A propaganda aqui está muito mais vinculada à defesa de interesses econômicos e comerciais do que propriamente político-ideológicos.
......................A publicidade que muitas vezes é “acusada” de ser um dos grandes responsáveis pelas praticas consumistas existentes, não é diretamente responsável por tais hábitos, pois esta desde que socialmente responsável é apenas um instrumento das empresas que pode até criar melhorias no nível de vida das populações e impulsionar o crescimento de um país.
......................Em muitos países, como nos exemplos abaixo, eles não tem muita preocupação em vincula o produto ou serviço diretamente na mensagem e o público devem não vê isso como má-fé, na minha opinião. As propagandas a seguir poderiam até não ser tão esquisitas em suas épocas, mas se fossem lançadas hoje, algumas seriam consideradas inadequadas outras imorais e a maioria simplesmente bizarra.
(Clique para Ampliar)




















Textos Relacionados: HypeScience / Rua.Direta (O Impacto Da Publicidade)

Nenhum comentário:

Ocioso Links Interessantes

Visite e Compartlhe a Fanpage